©

©

31 de jan de 2011


Aparições de OVNIs no Brasil
Por José Guilherme Raymundo, sábado, 29 de janeiro de 2011


Ufólogo lança livro que aborda casuística brasileira em nova edição


Prefácio



A presente obra literária é realista, e tem por finalidade levar ao conhecimento dos leitores a verdade sobre fatos reais ocorridos, referentes a avistamentos e pousos de UFOS ou OVNIS, popularmente conhecidos no Brasil por discos-voadores, bem como os contatos com os seus tripulantes.


Ao escrever este livro fiz questão de deixá-lo completo, com casuísticas verdadeiras, bem pesquisadas, inclusive com os nomes e endereços de várias testemunhas envolvidas, incluindo opiniões de pesquisadores, cientistas, políticos e militares.



OVNIS = Objetos Voadores não Identificados;





UFOS = (Unidentifield Flying Object) ambos mais conhecidos como Discos Voadores;





OSNI = Objeto Submarino não Identificado;





Disco-Voador = Termo usado somente no Brasil, para denominar os objetos acima mencionados.





Em nossa obra intitulada “O Portal – Contatos Alienígenas”, Madras Editora Ltda, lançada recentemente, tivemos a oportunidade de levarmos aos leitores vários fatos reais, ocorridos tanto em nosso País, como no Exterior, ocorrências aquelas, bem como estas, pesquisadas exaustivamente, com muita paciência e responsabilidade, tanto por nós, como por ufólogos renomados.





As casuísticas ufológicas vêm ocorrendo a todos os minutos da nossa existência, as grandes maiorias das aparições não são detectadas, tanto em virtude da alta velocidade destes engenhos, como também em face às camuflagens que as naves possuem, incluindo as projeções tridimencionais, quando a nave é vista somente por algumas pessoas, e em determinados ângulos tornando-as invisíveis aos olhos de outras pessoas, inclusive aos radares de terra e ar.





Saliento, ainda, que muitas pessoas não têm o hábito de olharem para o céu. Mesmo, nós estudiosos deste assunto, muitas vezes a olhos nus , nada vemos , porém, se usarmos uma filmadora ou uma máquina fotográfica passamos a gravar imagens que normalmente não nos foi possível ver. Isto talvez se relacione com a velocidade do objeto, não só em vôo prumado, como também e face as manobras em espirais que fazem em grandes velocidades; como também girando velozmente sobre seu próprio eixo, corroborado com a camuflagem ectoplasmática, e também pelo fato do objeto não refletir a luz, refratando-a, assim se tornando invisível aos nossos olhos, tecnologia esta que não se confundem com as aeronaves convencionais.





Sem dúvida alguma, trata-se de um grande mistério, que dia a dia está aumentando, não somente no que concerne aos avistamentos das naves, cujo fato tornou-se uma rotina que não mais impressiona os estudiosos deste assunto, acostumados em vê-las, não só no espaço como também nos pousos corriqueiros, que vêm ocorrendo principalmente nas regiões norte e nordeste do Brasil; em locais ermos, afastados dos grandes aglomerados humanos, principalmente nas praias desertas e desabitadas, e também sobre os mares e as montanhas.





É nossa obrigação informar ao leitor sobre as interferências psicológicas que vem ocorrendo nas mentes dos seres humanos, geralmente por facções nocivas que estão dominando a nossa civilização.





No Brasil acentuadamente na região amazônica, vem ocorrendo casos graves de abduções, sequestros e ataques, principalmente nas áreas rurais, e com menor intensidades agressivas nas outras regiões do País.





Nas delegacias de polícia é que constatamos como o ser humano é influenciado psicológicamente por entidades invisíveis e perigosas, que estão induzindo os homens, as mulheres, e até as crianças, de todas as camadas sociais a cometerem crimes bárbaros, não havendo mais respeito nem entre os familiares. Num plantão policial é muito comum atendermos estes tipos de ocorrências, as quais nos deixam perplexos diante de tanta crueldade nas práticas delituosas.





Iniciei o curso de aviação aos 14 anos de idade. Tive uma vez um acidente com uma sonda, sem chegar a vê-la, quando a aeronave que eu pilotava, um Fairchild PT-19, similar ao North América T-6, do Aeroclub de São Paulo, a qual a melhor escola de pilotos da América Latina. Na época, década de sessenta, era um avião de treinamento avançado, que reunia todos os ensinamentos necessários para a aprovação do aluno nos exames finais de monitor, cuja aeronave era também usada para graduação do piloto militar quando cursei a antiga Escola de Aviação do Campo dos Afonsos no Rio de Janeiro.





O avião que eu pilotava, colidiu na sua asa direita com algo invisível e sólido, o qual hoje sabemos que poderia ser somente uma sonda, ocorrendo uma forte guinada, sem maiores consequências, ocorrência esta na época , inexplicável !





No solo, e olhando para o céu, tive várias oportunidades de ver estas naves, principalmente as sondas, à pouca distância, bem como fotografá-las e filmá-las, deixando bem claro que na filmagem o brilho de sua luz não é o mesmo como o visto a olhos nus. A filmagem apaga o seu brilho e suas cores, tornando a imagem um pouco embaçada.





Portanto, trata-se de uma realidade incontestável que nos acompanha desde o inicio da humanidade, cujas casuísticas não deveriam ser acobertadas, deveriam ser divulgadas, principalmente pelos governantes, autoridades, e mais ainda por pesquisadores, para que o povo em geral tome conhecimento, e se precavenham, mantendo distância da mesma, e não se apavorando quando tiverem a oportunidade de verem uma sonda ou uma nave, as quais estão impregnadas nos mares e nos solos, da forma como ficam as bombas inimigas nos campos de batalhas, aguardando somente o momento certo para deflagrarem, enganando as grandes potências, que imaginam que um ataque somente poderá vir do espaço (Operação Guerra nas Estrelas).





As pessoas em geral, deverão se acautelar, não se expondo ao contacto sem as devidas reservas que o caso exige, como também não praticarem atitudes bruscas demonstrando ataque. Porque, tendo conhecimento desta realidade, não sofrerão o pânico quando de um avistamento, ou de um pouso, e assim, estarão cientes que não deverão se aproximar demasiadamente do objeto alienígena, bem como não se atreverem a usar da violência, principalmente fazendo uso indevido de armas de fogo, as quais lhes são inofensivas diante da tecnologia avançada que possuem, e com toda a certeza haverá o revide por parte deles, como poderão ser constatadas nas narrações que seguirão.





É minha sincera intenção, que esta obra surta os efeitos concretos e desejados, a que fora destinada, a exemplo do nosso livro acima mencionado, o qual foi bem aceito pelos leitores e pela comunidade de pesquisadores ufológicos.





Como naquela obra, nesta também me atenho a relatar fatos concretos exaustivamente pesquisados, uma vez que ficou comprovado ser do interesse dos leitores, as narrativas de fatos ocorridos. As quais lhes dão o conhecimento exato do “modus operandi” destes seres, tripulantes de naves alienígenas, independentes das interpretações análogas de alguns ufólogos, as quais são suposições personalíssimas e individuais, que na verdade variam no entendimento individual.





Por este motivo, me atenho mais às casuísticas pesquisadas, as quais nos dão uma ideia melhor desta realidade incontestável, que vem ocorrendo acentuadamente em todo o nosso Planeta. Abaixo o meu nome em escrita alienígena.








- O livro Aparições de OVNIs no Brasil pode ser adquirido pelo portal





www.clubedosautores.com.br


- Valor: R$ 41,45.





Número de páginas: 249





Peso: 339 gramas





Formato: Médio (140x210mm), brochura com orelhas.





Acabamento da capa: Papel Couché 300g/m², 4x0, laminação fosca.

Nenhum comentário: