©

©

1 de jun de 2014

Curtindo uma música - Guilherme Arantes nave errante

Tire todas as suas dúvidas sobre blogs.

Nave Errante
Guilherme Arantes

Minha casa é uma nave
e eu trafego só
sem contato com viv'alma, no silêncio frio das trevas
Na jornada, uma pane
e eu não volto mais
Vou através da galáxia
senão entrar nalguma órbita
Oh! Terra, oh! Terra,
onde é que estou?
me sinto sempre mais distante
Oh! Terra, oh! Terra,
onde é que estou?
fechado nesta nave errante, errante
Oh! Terra, oh! Terra
São cruéis os milenares astros
com sêres mortais
Eles não se importam muito comigo
porque são velhos demais.

Nenhum comentário: